Conselhos da Leilinha

Hidratando joelhos e cotovelos

Os joelhos e o cotovelo, de nosso corpo são os que mais merecem atenção, são mais suscetíveis ao ressecamento. Essas regiões possuem peles mais espessa, ficam mais expostas ao frio, vento, ar seco, banho quente, atrito e desidratação. Por esse motivo, exigem hidratação diária.

Segundo a dermatologista Letícia Sabo Müller, uma boa hidratação começa pela limpeza.

“Para que as células possam receber os nutrientes e realizarem o seu trabalho de recomposição, é preciso que o caminho até elas esteja livre”.

Se essas áreas não receberem hidratação, a tendência é que elas escureçam, enruguem e ressequem. São áreas mais elásticas, que permitem movimentos maiores, sendo assim, os tecidos não produzem glândulas sebáceas suficientes para hidrata-las.

coto

Vamos as dicas?

  • Cremes com poder esfoliante leve podem ser utilizados a cada 15 dias.
  • Fique atenta ao seu sabonete. “Quando a pele já está ressecada o ideal é deixar a gordura natural do corpo, não passando o sabonete diretamente no local e cuidando para não esfregar a toalha no final do banho, apenas secar suavemente”, esclarece a profissional. Os sabonetes mais indicados para pele seca tem o pH neutro e as versões líquidas são as menos abrasivas.
  • Evite usar lixas, pedra pomes e outros abrasivos. “Esses métodos trazem efeitos contrários ao esperado”, diz Letícia.
  • Escolha cremes a base de ureia. “Eucerin ureia pés, Ureadin 20% ou Nutraplus”, orienta a dermatologista.
  • Aplique o creme isolando a região com plástico filme para potencializar o efeito.
  • Aplique o creme com cuidado. Movimentos suaves e circulares ajudam na absorção, estimulam a circulação e a renovação celular.
  • Beba sempre muita água. Cada vez que oferecemos água ao nosso corpo, damos a ele a possibilidade de se equilibrar naturalmente.

Como evitar ?

Alguns hábitos podem contribuir para evitar que essas regiões fiquem ressecadas:

  1. Evite apoiar os cotovelos em locais como mesas.
  2. Hidratar sempre a região.
  3. Faça esfoliação semanalmente, ou pelo menos, a cada 15 dias.
  4. Na hora de aplicar o creme faça movimentos circulares .
  5. Lave essas regiões com muita ateção, tirando todas as impurezas, como a pele velha que fica na região. Evite água muito quente,pois resseca a pela. Depois, seque muito bem.

Atenção

Se apresentar alguma lesão no local, algo fora do habitual, consulte com um dermatologista.

“Há varias patologias de pele que podem se manifestar especialmente nas extremidades e quanto mais cedo houver o diagnóstico e for iniciado o tratamento, melhores serão os resultados”, conclui a dermatologista.

Clique aqui para comentar

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Topo