Uncategorized

10 dicas para salvar seu casamento

Se o seu casamento está ruim, você tem brigas atrás de brigas. Está pensando em separar, leia este texto, pode te ajudar.

Lembre-se que não existe nenhuma formula magica para salvar casamento, porém se ambos quiserem restaurar a união é importante que seja necessário envolvimento e entrega dos dois na situação.

10 Dicas para Salvar seu Casamento!

1 – O segredo, no fundo, é renovar o casamento, e não procurar um casamento novo. Isso exige alguns cuidados e preocupações que são esquecidos no dia-a-dia do casal. Falta diálogo? Ache-o. Falta desejo? Reconquiste-o!

2 – De tempos em tempos, é preciso voltar a namorar, voltar a cortejar, voltar a se vender, seduzir e ser seduzido. O diálogo é importante, se não o tem, conquiste-o.

3 – Há quanto tempo vocês não saem para dançar? Não sabe dançar? Convide-a para ir a uma escola de dança! Há quanto tempo você não tenta conquistá-la ou conquistá-lo como se seu par fosse um pretendente em potencial?

4 – Há quanto tempo não fazem uma lua-de-mel, sem os filhos eternamente brigando para ter sua irrestrita atenção? Ou ficam com pena do dinheiro e do tempo e desistem desse prazer?

5 – Sem falar nos inúmeros quilos que se acrescentaram a você, depois do casamento. Mulher e marido que se separam podem perder 10 quilos num único mês, por que vocês não podem conseguir o mesmo?

6 – Faça de conta que você esta de caso novo. Se fosse um casamento novo, você certamente passaria a frequentar lugares desconhecidos, mudaria de casa ou de apartamento, trocaria seu guarda-roupa, os discos, o corte de cabelo e a maquiagem. Mas tudo isso pode ser feito sem que você se separe. Procure renovar-se, mudanças são necessárias.

7 – Vamos ser honestos: ninguém aguenta a mesma mulher ou marido por trinta anos, com a mesma roupa, o mesmo batom, com os mesmos amigos, com as mesmas piadas. Renove seu ciclo de amizades, renovar é sempre bom!

8 – Muitas vezes não é a sua esposa que esta ficando velha e mofada, são os amigos dela (e talvez os seus), são seus próprios móveis com a mesma desbotada decoração. Os mesmos problemas e as mesmas conversas!

9 – Se você se divorciasse, certamente trocaria tudo, que é justamente um dos prazeres da separação. Quem se separa se encanta com a nova vida, a nova casa, um novo bairro, um novo círculo de amigos. Na maioria das vezes essa euforia passa logo e você cai na real. Se você não está disposto a mudar, seus problemas vão se repetir e vão te assombrar sempre!
Não é preciso um divórcio litigioso para ter tudo isso. Basta mudar de lugar e de interesses; e não se deixar acomodar. Viva as diferanças! Imagine-se casado com alguém igual a você! Seria impossível a convivência e a harmonia.

10 – Isso obviamente custa caro, e muitas uniões se esfacelam porque o casal se recusa a pagar esses pequenos custos necessários para renovar um casamento. O dinheiro não compra um lar, enterre seu orgulho e sua intolerância, seu par vai adorar conhecer essa nova velha pessoa que está gritando para viver!

11 – Se você se separar, sua nova esposa vai querer novos filhos, novos móveis, novas roupas, e você ainda terá a pensão dos filhos de uma união anterior.

12 – Não existe essa tal estabilidade do casamento, nem ela deveria ser almejada. O mundo muda, e você também, seu marido, sua esposa, seu bairro e seus amigos. O universo está se modificando a cada segundo, nada é igual eternamente. Abra seu coração para seu par! Aceite-o, renove-se!

13 – A melhor estratégia para salvar um casamento não é manter uma “relação estável”, mas saber mudar junto. Todo cônjuge precisa evoluir, estudar, aprimorar-se, interessar-se por coisas que jamais teria pensado em fazer no início do casamento. Você faz isso constantemente no trabalho, por que não fazer na própria família? Não é o que seus filhos fazem desde que vieram ao mundo? Renovam-se e evoluem?

14 – Portanto, descubra o novo homem ou a nova mulher que vive a seu lado, em vez de sair por aí tentando descobrir um novo e interessante par. Tenho certeza de que seus filhos o respeitarão pela decisão de se manterem juntos e aprenderão a importante lição de como crescer e evoluir unidos, apesar das desavenças. Ensine a eles o verdadeiro sentido de família e lar.

15 – Brigas, arranca-rabos, cara feia e mau-humor sempre ocorrerão; por isso, de vez em quando é necessário casar-se de novo, mas faça-o sempre com o mesmo par!

Clique aqui para comentar

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Topo